Conselho acompanha implosão da antiga sede da Secretaria da Segurança Pública

Momento histórico para a Engenharia, especialmente no Rio Grande do Sul. Na manhã do dia 6 de março ocorreu com êxito em Porto Alegre, a implosão do prédio da antiga sede da Secretaria da Segurança Pública.

Muitas equipes trabalharam para que a operação ocorresse conforme o esperado e, assim foi: em sete segundos, o prédio desapareceu como previa a simulação, ruindo, primeiramente, pelo meio e depois vindo abaixo as laterais, com sequência de poeira e fumaça.


Assista ao vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=jNn0NeI37t0&t=22s

 

Presidente do CREA-RS cumpre agenda em Bagé com visita à Inspetoria e reunião com reitores

Em agenda institucional a presidente Eng. Ambiental Nanci Walter visitou o município de Bagé, onde participou de reunião de aproximação do CREA-RS com as instituições de ensino da região da campanha. O objetivo foi alinhar o ensino para a preparação dos jovens ao mercado de trabalho, esclarecer sobre o exercício legal da função e o papel do Conselho na vida profissional. O encontro foi realizado na Urcamp e contou com a presença dos representantes da Unipampa (Universidade Federal do Pampa), IFSul (Bagé), Ideau (Bagé) e Urcamp (Centro Universitário da Região da Campanha).


Para a presidente, o encontro foi muito produtivo. Além de importantes alinhamentos, destacou a pauta sobre o projeto de interiorização do Conselho gaúcho, iniciando na próxima semana, em Santa Maria, seguindo em agosto no município de Santana do Livramento e encerrando em dezembro em Erechim. “Queremos levar as sessões plenárias ao interior de modo que ocorram dentro das instituições de ensino, oportunizando que profissionais e estudantes acompanhem as dinâmicas do nosso CREA-RS”, esclareceu.    


A reitora da Urcamp, Eng. Civil Lia Maria Herzer Quintana, anfitriã da reunião, destacou a extrema importância de os Conselhos e as instituições de ensino, como sociedade civil organizada, andarem em pé de igualdade em termos de avanços. “Não adianta eu ter um Conselho de vanguarda e um ensino retrógrado, ou um ensino de vanguarda e um Conselho que não te acompanha. E aqui não vem nenhum tipo de crítica, porque quem faz parte do CREA-RS somos nós também, as instituições de ensino.”


No encontro também ficou definida a cedência de uma sala provisória às entidades de classe de Bagé, Associação Bageense de Engenheiros Agrônomos (Abea) e Núcleo dos Engenheiros e Arquitetos de Bagé (Neab).


Participaram também da reunião os conselheiros das Especializadas do CREA-RS Eng. Agr. Fernando Pereira de Menezes, Eng. Civ. Adalberto Gularte Schäfer, Eng. Civ. Antônio Luiz Arla da Silva, Eng. Agr. Derli João Siqueira da Silva e a reitora Eng. Civ. Lia Maria Herzer Quintana.

Detran revoga a Portaria 90/2021 que reestabelece Engenheiros em inspeções técnicas de veículos escolares

 Créditos: Arquivo CREA-RS

Por ação da presidência do CREA-RS em conjunto com o Detran, foi publicada em fevereiro a Portaria 54, reestabelecendo que a inspeção técnica semestral, a que devem ser submetidos os veículos destinados à condução coletiva de escolares, possam ser realizadas por profissionais registrados pelo CREA-RS, mediante emissão de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). A possibilidade havia sido suprimida pela Portaria 90, de março de 2021, agora revogada.
A informação foi confirmada em reunião presencial realizada no dia 22 de março, entre a presidente do CREA-RS, Eng. Amb. Nanci Walter, com o diretor-geral adjunto do Detran Marcelo Soletti, do diretor técnico Fábio Pinheiros dos Santos e o chefe de gabinete Alexandre Schaeffer.
Para exercer as inspeções técnicas previstas na Portaria 54, os profissionais deverão estar devidamente habilitados perante os municípios, conforme regulamentação, controle e fiscalização do poder municipal concedente do serviço escolar, nos termos do art. 139 do CTB.
 
Confira a Portaria 54 na integra.

Sessão Plenária Ordinária ocorre pela primeira vez no interior do Estado

Eng. Ambiental Nanci Walter, presidente do CREA-RS, conduz a Plenária.
Créditos: Marcos Roberto Pereira da Silva

Momento histórico e missão cumprida
Créditos:
Marcos Roberto Pereira da Silva

Tarde histórica no dia 18 de março na região central do Rio Grande do Sul. Santa Maria foi a cidade escolhida para receber a primeira Sessão Plenária do CREA-RS realizada fora de Porto Alegre, dentro do Programa de Interiorização.


Aproveitando a semana em que a segunda Inspetoria completa 50 anos de fundação, o CREA-RS realizou a sua Sessão Plenária Ordinária nº 1.825, no Salão de Atos da Universidade Federal de Santa Maria. No formato híbrido, a Plenária reuniu cem conselheiros e aprovou 20 processos.


“Em 87 anos de história, o Conselho gaúcho sempre primou pela valorização da área tecnológica, garantindo a segurança da sociedade. Em sua trajetória, os representantes da autarquia, diretoria, inspetores e conselheiros, estiveram sempre empenhados em promover o desenvolvimento sustentável, com olhar técnico sobre as questões de infraestrutura, meio ambiente e segurança. A aproximação que estamos fazendo é natural. Temos diversos conselheiros e conselheiras do meio acadêmico, inclusive representando as universidades. Essa parceria é uma continuidade de um diálogo que acontece entre o CREA-RS, Mútua, entidades da cidade e Inspetoria. Precisamos trabalhar com colaboração, e só através do diálogo aberto e disponibilidade que teremos resultado”, destacou a presidente do Conselho, Eng. Ambiental Nanci Walter.

Eng. Eletr. Tiago Bandeira Marchesan, diretor do Centro de Tecnologia, também se manifestou destacando o orgulho em receber as reuniões do Conselho no local. “Sei que é a primeira vez que o CREA-RS sai da capital para uma Sessão Plenária e para nós é motivo de grande orgulho sermos os pioneiros a recebê-los. Essa universidade é federal e é de todos nós, de todos que estão sentados aqui, e foi designada para fazer uma função básica: desenvolver o País através da educação. Por isso, essa aproximação é tão importante e aqui estendo meu agradecimento à presidente Nanci. Quero agradecer também, a professora Nilza, por ser uma pessoa proativa, que ensina e que é capaz, mesmo após a aposentadoria, de instigar."


Representando a Mútua-RS, o diretor-geral Geólogo e Eng. de Segurança do Trabalho Pablo Souto Palma, também se manifestou. “Muito importante, reitor, para mim e para grande parte dos presentes formados em universidades públicas, retornar a uma universidade pública. Muitos estão revivendo experiências que tiveram durante a sua caminhada acadêmica e isso engrandece ainda mais o evento. Essa ação da presidência foi muito proveitosa e aproveito para parabenizar a Engenheira Nanci. Tenho certeza que estaremos juntos em muitas outras caminhadas.”
 

CREA-RS lança programa voltado a jovens profissionais e estudantes

Representantes do Projeto e a presidente do CREA-RS, Eng. Ambiental Nanci Walter

Durante Sessão Plenária realizada em Santa Maria nesta sexta-feira, primeira ocorrida fora da Capital, foi lançado o Programa NextGen do CREA-RS voltado a jovens profissionais, com até cinco anos de formados, e graduandos dos cursos das Engenharias, Agronomia e Geociências das universidades do Estado agrupando, assim, o CREA Jovem e o CREA-RS Júnior, respectivamente.


A proposta foi apresentada pela presidente do Conselho, Eng. Ambiental Nanci Walter, que destacou aos participantes dos programas que serão organizados por núcleos regionais. Também falou sobre a identidade dos programas. “Esta apresentação de hoje é uma prévia, pois convidamos jovens profissionais e estudantes para que eles próprios desenvolvam as identidades visuais. Queremos a colaboração de quem fará parte, para que tenha a cara deles e não apenas oferecermos algo pronto para cumprirem”, afirmou a presidente.

CREA Jovem

O CREA Jovem é um programa desenvolvido pelo CREA-RS com o intuito de beneficiar os estudantes e os recém-formados das áreas do Conselho. Entre as atividades propostas, está a formação estrutural de cargos regionalizados, grupos de discussão, realização de palestras, entre outros.

O objetivo final do projeto é aproximar o Sistema Confea/Crea das instituições de ensino através dos alunos, tornando o Conselho mais presente, desde cedo, na formação de Engenheiros e Agrônomos.

Estiveram presentes três representantes do projeto: a Eng. Agríc. Annelize de Albuquerque Altmann, inspetora-chefe de Camaquã; o Eng. Civ. Victor Vilela Hampel Schlichting, inspetor-chefe de Canoas; e o Eng. Civ. Miguel Medina Jr, inspetor-chefe de Pelotas. O Eng. Civ. Gabriel Adams, da Inspetoria de São Luis Gonzaga, também fará parte do projeto.


CREA Jr-RS

Com foco em criar novas lideranças dentro do Sistema, o CREA Jr-RS propõe uma aproximação dos estudantes das áreas de Engenharia, Agronomia e Geociências ao Sistema Profissional.

O programa viabiliza o conhecimento sobre o órgão regulador da futura profissão, detalhando acerca de sua estrutura e organização, além de incentivar os futuros profissionais a praticarem o exercício ético e responsável de sua profissão. Estes elementos fortalecem o estudante, deixando-o ainda mais preparado para o seu futuro.

Estiveram presentes o graduando de Engenharia Elétrica da UFSM, Felipe Silva, e a graduanda de Engenharia Civil da Unisinos e presidente da Associação Latino-Americana de Estudantes de Engenharia Civil (Aleic), Vitória Klering. Também participarão do projeto, Luis Garcia Sonaglio, graduando de Eng. Mec. na UFSM, Yago Porto Rocha, graduando de Meteorologia na UFSM, e Mariana Teixeira Pedro, graduanda de Agronomia na UERGS. Felipe Silva foi aluno da prof. Nilza Zampieri, que está desempenhando a função de 2ª vice-presidente do CREA-RS.
 

Corregedoria e CREA-RS estreitam relacionamento institucional

O corregedor-geral de Justiça e desembargador Giovanni Conti, o juiz-corregedor Maurício Ramires e a Coordenadora de Correição do Serviço Auxiliar de Correição Extrajudicial, Daniela Dorneles, receberam no dia 24 de março uma visita institucional da presidente do CREA-RS, Eng. Amb. Nanci Walter, acompanhada da dr. Fernanda Bermudez e o gerente jurídico do Conselho, dr. Alexandre Irigoyen de Oliveira.

Na ocasião, foram tratadas questões estratégicas voltadas à construção de um importante relacionamento do Conselho gaúcho com a Corregedoria. Um dos temas foi a exigência feita por profissionais e Cartórios de Registro de Imóveis para reconhecimento de firma da assinatura do Responsável Técnico em alguns documentos para averbação de procedimentos.
 

Reconhecimento de firma do responsável técnico foi um dos temas tratados

CREA-RS presente à entrega de medalha ao governador gaúcho

O CREA-RS prestigiou no dia 24 de março, a entrega da medalha do Mérito Farroupilha ao governador Eduardo Leite, no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. É a honraria máxima do parlamento gaúcho.


A entrega da homenagem contou com a presença do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, secretários de Estado, do presidente da Assembleia, deputado Valdeci Oliveira, de deputados e outras autoridades. Em seu discurso de agradecimento, o governador ressaltou a importância da convivência entre as diferentes formas de pensar e fazer política para atender as necessidades da população. “Estamos no parlamento gaúcho, com toda a sua diversidade e suas representações das tantas formas de olhar o Rio Grande e o mundo. Uma medalha que é outorgada por esse parlamento é de grande importância”, disse.


Com informações do Governo do Estado

CREA-RS busca nova solução de software

Screenshot_9.jpg

O CREA-RS prestigiou no dia 24 de março, a entrega da medalha do Mérito Farroupilha ao governador Eduardo Leite, no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. É a honraria máxima do parlamento gaúcho.


A entrega da homenagem contou com a presença do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, secretários de Estado, do presidente da Assembleia, deputado Valdeci Oliveira, de deputados e outras autoridades. Em seu discurso de agradecimento, o governador ressaltou a importância da convivência entre as diferentes formas de pensar e fazer política para atender as necessidades da população. “Estamos no parlamento gaúcho, com toda a sua diversidade e suas representações das tantas formas de olhar o Rio Grande e o mundo. Uma medalha que é outorgada por esse parlamento é de grande importância”, disse.


Com informações do Governo do Estado

50 anos da Inspetoria de Santa Maria são comemorados com ações de interiorização e convênio com a Prefeitura

Segunda inspetoria do CREA-RS, os 50 anos da regional de Santa Maria foi marcado por dois dias, de 16 a 18 de março, de ações promovidas na cidade. No dia 17 de março inspetores, ex-inspetores, coordenadores de Câmara e funcionários que fizeram parte da história da inspetoria participaram da celebração, quando foi inaugurado a Galeria de Inspetores. 

 

Na sequência foram realizadas as reuniões das Câmaras Especializadas do CREA-RS, sediadas em Santa Maria, no Centro de Tecnologia da UFSM, dando início ao Programa de Interiorização do Conselho, que vai levar reuniões dos conselheiros e a Sessão Plenária para cidades do interior do Estado. Também se reuniram em Santa Maria as reuniões do Comitê Gestor Mulher, do CDER-RS e da Coordenadoria das Inspetorias. 

O Sinduscon promoveu uma reunião-almoço com as lideranças do Conselho presentes à cidade e seus associados. O evento contou com a participação do prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobon, que além de celebrar os 50 anos da representação do CREA-RS na cidade, firmou um Acordo de Cooperação Técnica entre o município e o Conselho. O objetivo principal é a fixação de critérios e normas de ação conjuntas, por meio de seus órgãos envolvidos na fiscalização, no sentido do cumprimento da legislação profissional vigente e das normas de postura e zoneamento do município, bem como apoio às ações que tanjam a Engenharia e a Agronomia, com propósito de impactar positivamente na qualidade de vida da população. 

Em sua fala, a presidente do CREA-RS, Eng. Nanci Walter, destacou a importância em saber que o executivo e o legislativo santa-mariense consideram a opinião do Conselho. “Que bom é ouvir do nosso presidente da Câmara, o vereador Valdir Oliveira, esse apontamento de olhar e levar em consideração a opinião dos representantes do Conselho. Tudo que nós queremos nessa gestão, na diretoria, nas Inspetorias, nas entidades de classe, é sermos ouvidos, ser mais partícipes, ajudar na construção das legislações, de alguma consulta técnica, e isso que estamos fazendo agora trazendo uma Sessão Plenária à cidade, vem para desmitificar que o Conselho seja centralizado na capital.” 

 

Também colocou o Conselho à disposição de todos, da municipalidade às instituições de ensino, destacando ser da UFSM a primeira conselheira federal pelo Rio Grande do Sul no Confea, a atual vice-presidente, Eng. Eletricista Nilza Venturini Zampieri e, após 20 anos, ocupa o cargo a conselheira federal Eng. Agr. Andrea Brondani. Encerrou, frisando ser necessário continuar “a troca de experiência e a aproximação” do Conselho com outros entes estaduais e municipais. 

“A cara de nossa Inspetoria são nossos agentes fiscais. São eles que no dia a dia percorrem e visitam empreendimentos para garantir a presença e a responsabilidade técnica do profissional habilitado”, afirmou a inspetora-chefe em Santa Maria, Eng. Quim. e Eng. Seg. Trab. Giovana Jussara Gassen Giehl. Destacou que o Conselho trabalha em defesa dos profissionais. “Temos que contribuir para que o Sistema Confea/Crea melhore e aumente a fiscalização”. Também fez uma menção a Gilmar Piovezan, ex-inspetor. “ Foi, quem mostrou a relevância do CREA-RS, onde estou há 20 anos. Foi mestre para vários de nós.” 

Na continuidade, foi Piovezan quem se manifestou, fazendo menção às lideranças femininas, como a inspetora, a presidente e as conselheiras federais. “Em nome delas, gostaria de agradecer a todos que acompanham e fazem parte da história da Inspetoria. 

Representando o Confea, participa a conselheira federal, Eng. Agr. Andrea Brondani da Rocha. Também participando pelo Conselho Federal, o Eng. Amb. Renato Muzzolon, gerente da Regional Sul. 

MEC alerta universidades públicas sobre ART de professores

Créditos: Marck Castro/Confea

Professor universitário há 37 anos, o presidente do Confea, Eng. Civ. Joel Krüger, celebra o ofício da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas do Ministério da Educação que, no dia 24 de fevereiro, orientou os departamentos de pessoal das instituições federais de ensino vinculadas ao Ministério, quanto a uma decisão do Supremo Tribunal Federal de 2017, segundo a qual “todos os trabalhos técnicos que demandem registro de responsabilidade técnica produzidos por servidores públicos estão obrigados ao registro de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) ou Registro de Responsabilidade Técnica (RRT), conforme se trate de Engenheiro, arquiteto ou urbanista”.


“O ofício do MEC endereçado às universidades públicas é a concretização da valorização profissional pelo Ministério. Ao emitir ART por esses profissionais, as instituições reconhecem o conhecimento adquirido e o trabalho técnico daquele profissional. Só temos a comemorar”, pontuou Krüger.
 

A decisão do STF tem repercussão geral e é fruto do Recurso Extraordinário nº 838.284, publicado no Diário de Justiça Eletrônico em 22 de setembro de 2017. Em 2021, o Crea-DF oficiou o Ministério da Educação, solicitando a ART dos funcionários ligados ao Sistema Confea/Crea.
 

© 2022 CREA-RS. Todos os direitos reservados.