Obras da reforma da Inspetoria de Santa Rosa são vistoriadas por lideranças da região 

No mês de outubro, inspetores, conselheiros e representantes de entidades de classe visitaram as obras de reforma da Inspetoria de Santa Rosa. Por meio de convênio firmado entre o Confea e o CREA-RS, um aporte financeiro proveniente de linha de crédito a fundo perdido e destinado a projetos e execução de obras e reformas, as Inspetorias de Erechim, Santa Rosa e Taquara receberam investimentos em suas infraestruturas, oferecendo maior conforto e segurança aos funcionários, fiscais e, principalmente, aos profissionais que buscam apoio nas Inspetorias. 

Conduzidas pela Gerência de Patrimônio e Infraestrutura do CREA-RS, as obras de reforma da Inspetoria de Santa Rosa, adquirida pelo Conselho gaúcho em 2010, receberão, em seus 520 m², reformas gerais, como nas salas de trabalho, consertos da cobertura, sanitários, substituição de revestimentos de pisos, paredes e forros, adequações das instalações elétricas e hidrossanitárias, substituição de esquadrias, pavimentação de calçadas e rampas de acesso e construções. 

Inspetora secretária de Santa Rosa, a Eng. Civil Fernanda Dresch ressaltou a força das lideranças que incentivaram e batalharam para que a reforma da Regional realmente acontecesse porque acreditava que a área técnica merecia esta valorização. "As novas instalações da sede vão incentivar maior participação dos profissionais nas atividades do Sistema Confea/Crea. A união faz a força e está solidificada na ação deste grupo em prol de uma reforma que possibilitará a promoção de capacitação dos profissionais da região", afirmou. 

Durante a visita, o Eng. Agrônomo Jerson José Spohr, conselheiro representante da Aenorgs, ressaltou a importância da reforma para os profissionais da região. "Hoje, depois de um trabalho feito pela comunidade profissional e pela instituição, a reforma da sede está se concretizando, sendo muito útil para profissionais", afirmou. 

De acordo com o conselheiro Jerson, a região de Santa Rosa está tendo um crescimento bem expressivo. "O polo metalmecânico está se solidificando em nossa região. A área agrícola sempre foi muito forte, com o abate de suíno, frigorífico pujante. Contribuem para este crescimento, as várias empresas que estão se instalando na região e todo este movimento contribui para abrir mercado aos nossos profissionais. Desta forma, as novas instalações da Inspetoria valorizam ainda mais esta fase da cidade", pontua. 

"É uma realização de todos nós, para termos um espaço de capacitação profissional", afirmou o conselheiro da Câmara de Engenharia Civil, Eng. Civil Claudio Akila Otani, que lembrou o tempo em que todos batalharam para que as obras se tornassem realidade e que a comunidade técnica pudesse usufruir. 

Também da região, o Engenheiro Mecânico e de Seg. do Trab. Marcos Kercher, coordenador das Inspetorias, falou da honra em participar deste movimento e, principalmente, em valorizar o empenho de todos no processo. "Os profissionais terão um ambiente muito mais acolhedor, assim como as entidades de classe, para a promoção de treinamento técnico", ressaltou. 

Representante da Lorentz Construções Ltda, empresa que executa as obras de reforma, o Eng. Civil Willy Tony Lorentz também comentou sobre o espírito de cooperação que existe na comunidade técnica da região. Além disso, falou da satisfação em entregar uma obra espaçosa, bem iluminada. 

As novas instalações também foram elogiadas pelo Eng. Civil e de Seg. do Trabalho Talvane Engroff, suplente do CDER da Zonal Alto Uruguai, principalmente para as entidades de classe. "Os representantes da Apea.SR e da Aenorgs, entidades fortes e que estão instaladas junto à Inspetoria, também batalharam para que o projeto se concretizasse e fosse feito da melhor maneira. O belo espaço oportunizará a realização de cursos, eventos, capacitação e treinamentos aos seus associados", avaliou. 

Um dos diferenciais nesta reforma é que a nova sede passa a ser comercial, o que será muito importante, conforme falou o Arquiteto e Urbanista Giofranco Saggin, presidente da Apea.SR., que elaborou o projeto. 

"Nunca havia sido feita uma reforma para transformar a sede em um espaço comercial, como esta do novo projeto, e isso dificultava a realização de uma programação mais abrangente. Foi um desafio, mas uma conquista fundamental transformar em um espaço comercial e cooperativo, que atenda realmente às demandas da Inspetoria, funcionários, fiscalização, entidades de classe, profissionais e a sociedade em geral, que vem até nós em busca de projetos com conhecimento técnico e segurança", concluiu. 

© 2021 CREA-RS. Todos os direitos reservados.