WhatsApp Image 2022-09-23 at 13.32.57.jpeg

O CREA-RS em campanha pelo Rio Grande

O título mostra o quanto o Conselho gaúcho está sempre em campanha pelo desenvolvimento do Estado. Sempre em campanha pelo exercício legal das profissões das Engenharias, Agronomia e Geociências. Em ano eleitoral, o CREA-RS precisa mostrar a força dos profissionais no cenário político e econômico do Estado e do País. O desenvolvimento precede trâmites por órgãos das instâncias federais, estaduais e municipais.

Sempre observamos outros Conselhos buscarem diálogo com os candidatos e nós, da área tecnológica, não fazíamos! Então, durante a 45ª Expointer, maior feira agropecuária da América Latina, a Casa do Profissional do CREA-RS recebeu candidatos de todas as legendas e para todos os cargos.

O motivo para o acolhimento foi a entrega da Carta Aberta aos Candidatos, que foi elaborada pelos 27 presidentes de Creas e chancelada pelo Plenário do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia em Brasília contendo as principais demandas na área de infraestrutura, inovação tecnológica e para a atuação profissional.

Sempre é hora de apostarmos em diálogos democráticos como caminho para a construção coletiva de um Brasil mais tecnológico, produtivo, competitivo e inclusivo. O Conselho entende que isto passa por uma agenda parlamentar, no sentido de contribuir para a criação e modernização de legislações.

As agendas foram com pluralidade político-partidária. Muitos candidatos passaram durante os nove dias de Exposição e buscamos agendamento prévio. É uma pena que muitos não retornaram, embora a equipe tenha insistido.

Cabe destacar algumas das propostas do Sistema Confea/Crea, como o fortalecimento dos cargos técnicos, estabelecendo que todos os concursos públicos, para cujas vagas exijam conhecimento específico de Engenharia, Agronomia e Geociências, sejam ocupados por profissionais LEGALMENTE habilitados.

Ainda consta na referida Carta, a intensificação de políticas públicas que ampliem a participação feminina no mercado de trabalho com igualdade salarial, nos setores da Engenharia, Agronomia e Geociências.

A 45ª Expointer foi, sem dúvida alguma, um marco em sua história quebrando recordes de público e comercialização, mostrando a força da engenharia gaúcha!

Como presidente de um Conselho profissional, sou extremamente cuidadosa e me posiciono sempre institucionalmente em relação a todos os assuntos que permeiam nossas profissões e funções que exerço.

Você já baixou o aplicativo para a sua Carteira profissional digital?

Uma carteira na palma da mão. Há um ano, o que mais se ouvia falar no mundo era a necessidade de inovação, mudança, de enfrentar os novos tempos com um novo olhar, focado na modernização e no uso de tecnologias voltadas para otimizar resultados e aprimorar a prestação de serviços.

Assumi o Conselho gaúcho com este desafio, de maior inovação com o uso da tecnologia. Sempre com este olhar na ponta, buscando que tenha impacto positivo na vida dos nossos registrados e na nossa fiscalização à sociedade. Isso é uma prioridade para a gestão.

Imagem1.png

MEMÓRIA

6461.jpg

Por isto procuramos parceiros estratégicos, como o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), para implementar, cada vez mais, inovações como a carteira digital, otimizando resultados e aprimorando a prestação de serviços.

Em tempo recorde, disponibilizamos, gratuitamente, a todos os registrados gaúchos a Carteira Digital Profissional, uma inovação de poucos Conselhos profissionais.

O código gerado a cada documento é único e inviolável, o que torna o aplicativo 100% seguro, por meio de um algoritmo de alta segurança. Aliás, segurança e agilidade não faltam: o app conta com reconhecimento facial, número de registro, código de acesso secreto e senha pessoal.

Recentemente, imagine o meu orgulho, quando apresentei a minha Carteira Profissional Digital ao embarcar em um voo.

Lembrando que a carteira profissional em formato físico continua a ser entregue, conforme solicitação.

Inovação na compensação dos boletos

A inovação continua nos procedimentos. Desde o ano passado, as ARTs pagas no Banrisul são liberadas de 30 a 40 minutos após a compensação bancária.  O prazo que antes era de 48 horas, hoje diminuiu para menos de uma hora.

Interiorização DescentralizAção

É um novo tempo para reunir as principais lideranças e resgatar as boas ações. Começamos um Programa de Interiorização, no qual levamos o CREA-RS para os municípios que possuem Inspetorias. O primeiro encontro foi em Santa Maria, depois Santana do Livramento. E o próximo será em Erechim.

Nestas duas primeiras ações já percebemos que os profissionais aguardam este Conselho mais próximo, assim como as Universidades ficam à vontade para a discussão de temas que buscam o equilíbrio entre o ensino e o mercado de trabalho. Temos que unir estas duas pontas para que a valorização profissional fique cada vez mais evidenciada na sociedade.

FiscalizAÇÃO

A fiscalização está a todo o vapor, a equipe está comprometida com a segurança da sociedade. E como faz a diferença o conhecimento que cada agente fiscal tem com o município que ele/ela está lotado/a.

Intensificamos as ações de fiscalização em todo o Estado buscando, sobretudo, orientar os profissionais no exercício de seu ofício, zelando pela ética e excelência nos serviços prestados.

A função finalística do CREA-RS é a fiscalização, quanto mais nossos agentes fiscais estiverem em ação, menor serão os casos de exercício ilegal das nossas profissões! E assim a sociedade também estará segura, garantindo a presença de profissionais e empresas legalmente habilitados.

Temos que ter um novo olhar para a fiscalização, ajudar o Conselho a ter esse novo olhar. A fiscalização é para coibir o exercício ilegal, a fiscalização é para abrir o mercado de trabalho para os profissionais do Sistema Confea/Crea.

Visitas técnicas em Ametista

Como são importantes todas as instâncias de discussão do CREA-RS. Uma demanda que surgiu de uma reunião de Comissão de Inspetoria, portanto, na base do Sistema, passou pelas instâncias regional e estadual. A responsabilidade técnica em projetos e beneficiamento de minerais das minas de Ametista, levou conselheiros da Câmara de Geologia e Engenharia de Minas (GeoMinas) a realizarem reunião estendida dentro de uma galeria subterrânea.

Valorização das entidades de classe

Temos a retomada do fortalecimento das nossas associações, tão importantes para o Sistema e profissionais, como o Encontro Estadual de Entidades de Classe, que resultou na Carta de Caxias do Sul, com demandas importantes para a sustentabilidade das entidades.

Fizemos uma análise das últimas três cartas e, até o final de 2022, vamos atender todas as demandas de encontros anteriores.

Outra notícia boa. Da Carta de Caxias, vamos também trazer uma inovação, que é o modelo de patrocínio. Este foi o meu compromisso no evento. Em tempo recorde, depois da finalização do EESEC, produzimos o documento e levamos à Sessão Plenária que o aprovou.

Programa Ética e Garantia de Direitos do CREA-RS

Desde que assumi o CREA-RS enfrento grandes desafios. Vivemos em uma sociedade em que precisamos ter respeito com nossas atividades, sermos mais humanos, mais empáticos e ter um olhar mais afetuoso. Convido os profissionais do Sistema Confea/Crea, o corpo funcional e a sociedade para juntos perseverarmos pela ética e garantia de direitos. Agora, mais do nunca, juntos somos todos CREA-RS.

Não temos mais tempo a perder. Quem quiser trabalhar com dignidade e ética, está no mesmo barco do nosso Conselho. Se a gente não faz assim, não superamos o dia a dia.

O CREA-RS é nosso e, como profissionais registrados, almejamos que o mesmo seja mais proativo nas suas ações e atividades, só assim nos sentiremos realmente representados!

Abraço e me despeço ....

Permaneço à disposição!

© 2022 CREA-RS. Todos os direitos reservados.