• CREA-RS

Expedição Logística é apresentada a coordenadores de Agronomia dos Creas

Os integrantes da Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Agronomia (Cceagro) conheceram no dia 03 de setembro detalhes da Expedição Logística, patrocinada pelo Sistema Confea/Crea e Mútua, em parceria com a Gazeta do Povo. Com o tema “Portos que conectam o Brasil e o mundo”, o projeto fará um raio-x do escoamento da produção agropecuária brasileira, com foco nas estruturas portuárias.

Foto Arquivo Confea

Pelo CREA-RS, participaram a engenheira agrônoma Denize Leite Frandoloso, coordenadora da Câmara de Agronomia do CREA-RS, e o analista de processos, Eng. Agrônomo Márcio Amaral Schneider.


Reportagens, exposição fotográfica digital, websérie, lives e hotsite irão retratar as tendências de 13 portos, em 14 Estados brasileiros, mostrando como essa modalidade logística ganha cada vez mais capilaridade e cresce de norte a sul do País, conferindo mais eficiência e competitividade ao mercado nacional, como explica o coordenador da Cceagro, Eng. Agr. Thiago Oliveira, que tem participado ativamente da concepção da iniciativa.


“A Expedição mostrará à sociedade as contribuições do setor logístico para a retomada do crescimento nacional, principalmente para superar esta pandemia”, afirmou o Eng. Agrônomo, que também integra o Conselho de Comunicação e Marketing do Confea.


Para ele, o projeto será um caminho de reflexão e revisão da política de transporte do Brasil. “Fará repensar a logística nacional, mostrando, por exemplo, como o Arco Norte conseguiu mais representatividade ao escoar a produção, desafogando o fluxo intenso das Regiões Sul e Sudeste”, pontuou. Salientou ainda, a relevância dos portos e estações de transbordo de Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Pará, Rondônia e Sergipe, região conhecida como Arco Norte, considerada essencial para o escoamento de grãos desses Estados e também do Centro-Oeste.


A rota tem aproximado produtores nacionais dos parceiros comerciais internacionais, tendo aumentado em 50% seu escoamento nos últimos anos e responsável por 51% de grãos exportados, segundo o coordenador da Cceagro.

Integração

Para fazer acontecer a Expedição Logística, do presente até março de 2021, Thiago ressalta que cada integrante da Cceagro será um elo de informação representando os 27 Estados. “Os coordenadores dos Creas darão contribuições para que o projeto aconteça como um todo.”

A importância da parceria com os Conselhos Regionais foi reforçada pelo coordenador da Expedição, Giovani Ferreira, durante a reunião on-line. “Para estimular a retomada do desenvolvimento econômico e mobilizar profissionais, sociedade e governo, precisamos que os coordenadores da Agronomia nos auxiliem com informações peculiares sobre agronegócio e logística de cada localidade para construirmos o roteiro das visitas de campo e gerarmos conteúdo para divulgação”, finalizou.

Acesse e saiba mais sobre esta iniciativa.

https://especiais.gazetadopovo.com.br/expedicao-logistica/

Roteiro


Como os portos estão se preparando para o futuro do comércio internacional? Como os modais se organizam para fazer frente à ampliação e modernização dos portos? Qual o papel do Estado e da iniciativa privada na infraestrutura rodoviária, ferroviária e hidroviária de acesso aos portos? Qual a relação direta e indireta dos portos no desenvolvimento econômico e social do Brasil, na geração de emprego, renda e nas divisas comerciais? Essas são algumas questões que a Expedição Logística irá pautar nos próximos meses, durante as quatro fases de divulgação.

Até outubro, o destaque será o diagnóstico da última década, com foco na infraestrutura, tecnologia, economia, produção e privatizações. A segunda fase apresentará projeções para os próximos dez anos, mencionando políticas públicas, parcerias público-privadas e integração multimodal. Em novembro e dezembro, será feita a pesquisa de campo nos 13 portos brasileiros. Para a última etapa, está prevista visita técnica a estações portuárias da Ásia (Singapura, Xangai e Shenzhen).

6 visualizações

© 2020 CREA-RS. Todos os direitos reservados.