• CREA-RS

Inspetorias fecham o ano com saldo positivo e aprendizados

Atualizado: 16 de Dez de 2020

INSPETORIAS

Em um ano de grandes dificuldades, impostas pela pandemia mundial do Covid-19, as 44 Inspetorias do CREA-RS não deixaram de atender aos profissionais e comunidade do interior do Estado e da capital.


Com plantões de atendimento presencial e trabalho de home office, os funcionários administrativos, junto à Coordenadoria das Inspetorias, não mediram esforços para manter os atendimentos. Só nos últimos três meses (set./out./nov.), foram realizados cerca de 60 mil, entre presencial, e-mail, telefone, WhatsApp e expedientes gerados.


O esforço da equipe foi destacado pelo coordenador das Inspetorias, Engenheiro Mecânico e de Segurança do Trabalho Marcos Antônio Kercher, na última reunião com os representantes de Zonal, ocorrida no início de dezembro. “Mantemos as Inspetorias em funcionamento, mesmo com o trabalho remoto, porque os profissionais continuam com suas atividades. A Engenharia Civil, por exemplo, não para nunca, assim como tantas outras que são fundamentais”, afirmou.

Também aproveitou o momento para prestar seus agradecimentos. “Queria ressaltar o auxílio e união que tivemos durante este 2020, conselheiros, equipe e aos incansáveis inspetores, assim como a todos os profissionais que nos auxiliam. Sabemos que foi um ano conturbado e ainda está sendo, mas nós não medimos esforços, principalmente naquelas inspetorias nas quais tivemos mais dificuldades”, destacou. Ressaltou, ainda, o tamanho das Regionais, que somam mais de 120 funcionários. “Fizemos jus ao coordenar o segundo maior setor do CREA-RS.”


O Eng. Marcos lembrou que no início do o ano, ninguém imaginava o que aconteceria. “Pensava-se que seria uma presidência tranquila e acabou sendo um ano que vai ficar marcado na história mundial. Tivemos um número muito pequeno de funcionários contaminados, devido às ações tomadas.”


Citou a ausência do tradicional Seminário das Inspetorias, que não ocorreu este ano devido às medidas de isolamento social, mas que o fato não impediu o trabalho efetivo e conjunto. “De forma geral tivemos bastante aprendizado, união, principalmente dos inspetores, conselheiros e profissionais do Sistema, que também tiveram uma atuação mais fortificada”, ponderou. “Agora é trabalhar, aprender, ensinar e agradecer por estarmos todos com saúde, com nossas famílias, pensando mais no amanhã e prevendo um futuro um pouco diferente para os próximos anos.”


Expectativas para 2021


Sobre o próximo ano, o Engenheiro disse que não há formato definido ainda - remoto ou presencial -, mas que há uma preocupação extrema em relação à pandemia Covid-19. “Não sabemos como será em janeiro e fevereiro e talvez só conseguiremos regularizar algumas situações, após a vacinação”, disse.


Sobre a nova gestão, que assume em janeiro para mandato de três anos, destaca ter uma boa expectativa, e avalia positivamente o fato de a Eng. Ambiental Nanci Walter ter vindo de uma trajetória vinculada às Inspetorias, já foi inspetoria e também coordenadora das Inspetorias por dois mandatos. “Ela vem da base das inspetorias. Claro, terá que pensar no âmbito geral do CREA-RS, mas ela tem uma boa caminhada nesse sentido, além disso, a transição está andando em boas condições, com receptividade, prevendo começar o ano já com muita atuação e condição. “


Sobre os planos frente à Coordenadoria, frisou buscar uma autonomia maior. “Isto para podermos trabalhar com mais clareza, firmeza e resiliência e poder desenvolver ações para as quais o coordenador é eleito que são delegar, coordenar e, principalmente, manter nossas inspetorias em plena atividade. Questões que precisam ser alinhadas com possíveis contratações de estagiários, novos funcionários, linhas de fiscalização, treinamento dos inspetores, funcionários e membros de comissões, e apoio junto às câmaras. Esta é a esperança do coordenador.”

32 visualizações

© 2020 CREA-RS. Todos os direitos reservados.