• CREA-RS

Por um CREA-RS representativo, eficiente e atuante em suas atividades finalísticas

Atualizado: Set 30

PALAVRA DO VICE-PRESIDENTE


Foram e continuarão sendo enormes os desafios impostos por ocasião da pandemia da Covid-19. Não apenas para a sociedade e a economia, mas também para as nossas instituições. No CREA-RS, importantes ações foram tomadas com o intuito de contorná-los. E um grande esforço de reflexão e planejamento está sendo realizado, para melhor posicionarmos o Conselho no enfrentamento de um futuro próximo ainda incerto. Porém, tudo isso, pouco ou nada significa se não o suprirmos de uma liderança representativa e legitimada por nossos profissionais.


Eng. Agrônomo, Paulo Rigatto, 1º vice-presidente no exercício da Presidência CREA-RS 2020


Nos últimos seis meses, vivenciamos e reagimos à crise da pandemia de forma rápida e em inúmeras frentes:

  • abandonamos a rigidez do relógio ponto;

  • reinventamos procedimentos e o atendimento para o formato de teletrabalho;

  • nos afastamos do convívio presencial, ao mesmo tempo em que intensificamos a comunicação pessoal;

  • estressamos a capacidade do uso dos recursos de TI, digitalizando imagem, voz, textos, papéis e assinaturas; otimizamos processos;

  • reduzimos custos;

  • qualificamos recursos humanos e o produto do seu esforço;

  • e tudo isso sem perdermos o foco de nossa atuação finalística.

Ou seja, nos preparamos e estamos prontos, para seguirmos crescendo no “novo normal”! Tudo isso graças a uma enorme entrega, dedicação e competência do nosso qualificado corpo funcional. Estão todos de parabéns!


No entanto, não nos limitamos a isso. Com o reconhecimento da dimensão da crise, projetada inicialmente em uma queda de 30% (abril/2020) na arrecadação anual do Conselho, inúmeras ações foram implementadas com o objetivo de identificar algumas de nossas ineficiências. Desde a revisão de aluguéis de imóveis desalinhados com as demandas do Conselho, passando pela necessidade de ajuste de conformidades apontadas por auditorias, e uma estrutura organizacional desgastada e onerosa, não apenas operacional, mas também de (in)segurança jurídica, até a inexistência de um plano estratégico norteador das ações do CREA-RS.


Ações foram implementadas em todas estas frentes. Até a presente data, já é possível projetar uma economia de aproximadamente R$ 300.000/ano com o redimensionamento de contratos e locações. Em consonância com o Acordão 1.925/2019 do TCU, foi normatizado o novo Sistema de Definição de Valores e a Aplicação de Despesas com Diárias e Deslocamentos. Assim como foram criados a Comissão de Auditoria Interna e o Comitê de Governança, que têm a finalidade de auxiliar na governança corporativa, integridade, riscos e controles. Alinhado com a necessidade de redução de despesas e de recomposição do quadro funcional, foi reeditado o Programa de Aposentadoria Incentivada (PDI) de 2010, atendendo à demanda identificada, e também para poder conhecer possíveis vacâncias de funcionários mais antigos e a necessidade de reposições pelo processo seletivo encaminhado para normatização de Edital. A título de informação, o Conselho, que em 2010 atuava com 90 fiscais, atualmente tem 56 em atividade sendo que, destes, 50% se encontram impedidos de atuar por fazerem parte do grupo de risco da Covid-19.


Mesmo tendo iniciado todas estas ações, que poderão dar maior eficiência e sustentabilidade ao Conselho a médio e longo prazos, elas pouco ou nada significam sem que haja uma liderança que se proponha a implementá-las e/ou ampliá-las, no sentido de viabilizar que o CREA-RS atue de forma efetiva nas suas atividades-fim, que são: o Registro, a Fiscalização e a promoção da atividade profissional da Engenharia, Agronomia e Geociências no Rio Grande do Sul.


Neste sentido, gostaria de convocar a todos os nossos mais de 65 mil profissionais, que hoje suportam o CREA-RS, para que identifiquem a Inspetoria de sua jurisdição cadastral, e venham votar no dia 1º de outubro de 2020, de forma a oferecermos a maior representatividade possível às novas lideranças do Sistema Confea/Creas e Mútua, que estarão sendo eleitas neste pleito.


Forte abraço!

Eng. Agrônomo

Paulo Rigatto

1º vice-presidente no exercício da Presidência

CREA-RS 2020

90 visualizações

© 2020 CREA-RS. Todos os direitos reservados.